\\ Pesquise no Blog

segunda-feira, 23 de maio de 2011

ensaio 27

23/05, unirio, sala 301
flávia, fred, marília, dominique, nina, diogo e vítor.

AQUECIMENTO DE USO. Adele, Rufus Wainwright, Yann Tiersen, Los Hermanos, Florence and the Machine, Nina Simone, Michael Nyman, The Strokes e Radiohead.

RAIA. imagem final simétrica porém invertida. que bom estar junto de vocês.

CRIAÇÃO DOS JOGOS.

1. (DES)EQUILÍBRIO (a partir das proposições do Vítor)
- construção de formas do corpo no espaço;
- intensificação da qualidade de escuta e no estado;
- pode ser jogado por um jogador (ou mais);
- quando jogado por mais de um jogador (estes devem estabelecer uma relação de quem dura mais tempo no equilíbrio de seu desequilíbrio – sem manifestar tal disputa);
- jogo que pressupõe esse gráfico de energia e termina com um auge de estafamento corporal.

2. UNIVERSO GESTUAL (a partir das proposições da Nina)
- universo gestual para cada personagem;
- a partir dos textos O DIA DO ENTERRO e O DIA DO ENTERRO – PARTE II.

3. QUEDAR (a partir das proposições da Nina)
- um dado personagem cai de súbito > vai ao chão;
- ele pode ser ignorado pelos outros (mas é preciso ver esse ato de ignorar sua queda);
- ele pode ser erguido por um ou mais personagens;
- ele só pode sair do chão um outro o levantar;
- aquele que cai é obrigado a ceder ao levantamento.

4. BEIJO QUE CALA (a partir das proposições da Marília)
- para interromper a fala de alguém é preciso dar um beijo nessa pessoa;
- depois que isso acontece cada pessoa deve dar um beijo naquela que fala antes dela;
- o jogo só termina com um beijo na boca (que instaura um clima entre todos).

5. 3:1:1 (a partir das proposições da Dominique)
- o jogo começa com A, B, C ou D;
- A, B e C atacam D ou vice-e-versa (num jogo de repetição gestual e discursiva);
- o jogo chega ao fim com uma revelação trazida pelo jogador E (que estava de fora);
- E traz uma revelação ou ação que rende o discurso dos outros.

6. A LILLA QUE TRAGA (a partir das proposições de Fred)
- se permitir ser tragado pela Lilla;
- como esse movimento de ser tragado se manifesta? (sempre via um contraponto ao estado anterior);
- se estabele a proporção 4:1;
- os outros não percebem (ou percebem e ignoram);
- a pessoa tragada só sai desse jogo se alguém a tirar (por ação ou verbo) ou se ela chorar.

TEXTO com Jogos.

PRIMEIRA TENTATIVA
sensação de que os (des)equilíbrios deveriam ser mais vigorosos e arriscados;
melhorar a dramaturgia da descrição do apartamento;
interessante como o jogo do (des)equilíbrio cria um estado na fala;
quedar (aconteceu de termos quatro no chão);
usaram a pergunta “O QUÊ?” quando não conseguiam ouvir o texto;
BAGULHO NÃO É DROGA, são todos os objetos dela;

Para Quarta-Feira > trazer decupado os gestos de cada personagem a partir dos textos O DIA DO ENTERRO e O DIA DO ENTERRO – PARTE II.

2 comentários:

Diogo Liberano disse...

Memória, Imaginação e Atualidade.

Marília Misailidis disse...

Raia foi melhor nesse ensaio.

"É preciso ganhar o estado de entrega e a limpeza que talvez venha naturalmente com a velocidade."

"Atenção para a duração dos movimentos."

É preciso decantar a consciencia do que construimos e nos propor a conquistar o controle sobre a duração dos movientos sem perder a entrega.