\\ Pesquise no Blog

terça-feira, 12 de abril de 2011

Mais um

Gosto de vê-los juntos, no tudo juntos: abraços, choros, risos, tapas, brigas, lamentos, desencontros, distâncias, amores....
Tenho estado feliz, com muitas coisas e pequenas coisas. O corpo que ganha espaço, transborda, excede, que de identificável passa a embaralhar os códigos, os nomes, os sentidos. CORPO. Que vaza, que extrapola e desconhece os limites.
Marília corpo-briga com Dominique: bate, soca, empurra, chora, empurra, chora.
Fred corpo-desculpa com Nina: envolve, encosta, aperta, beija, arrasta os lábios, amassa os lábios na boca, na bobecha no rosto inteiro.
Fred pendura cadeira na pescoço
Nina gargalha e gargalha
Nina emburra e emburra
Dominique limpa os móveis, o piso, o chão da sala
Dominique grita e é interrompida por Vítor que a beija. Na boca.
Vítor pede à Dominique: fica comigo. Eu não quero ser só poesia.
Nina anuncia que está grávida
GRÁVIDA!
Marília xinga Fred
Nina bate na cara de Fred
Fred se cala
Beijinhos de dedos fechados
Vamos fumar cigarros FREE no parapeito da janela da sala.

Um comentário:

Fred disse...

Beijinhos de dedos fechados.