\\ Pesquise no Blog

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Queria muito me chamar Inácio;

5 comentários:

Diogo Liberano disse...

pq?

Fred disse...

coisa de família.

meu tio se chama ignácio. muito diferente da Lilla, que está cravada no tempo, meu tio está se despedindo do tempo lentamente. nele, dá para perceber o que o agente-tempo faz no nosso corpo.

ele tem muito apego à vida mas tem uma hora que o corpo não aguenta mais. ele está se despedindo. mas parece que se despedir é também manter o sofrimento. há 23 anos ele luta contra a doença mas nunca pensou em desistir da vida. ele sempre soube cavalgar o dragão dele.

queria que meu economista tivesse o nome dele mas sem o g.

Diogo Liberano disse...

pq sem o g?

Fred disse...

pq não quero ser cópia.

Fred disse...

ontem conversei com a marília sobre esta postagem e sobre o meu desejo de me chamar Inácio. Fiquei de voltar aqui para dizer que este meu desejo não é uma homenagem apenas mas sim um mote. Assim como meu tio Ignácio, acho que o Inácio da nossa peça tem uma apego muito grande à vida. O que a gente acha que é praticidade ou grosseria talvez seja a forma que ele encontrou para continuar cavalgando.

meu tio se despediu de vez hoje. saiu pedindo licença demoradamente. acho sim que ele venceu o dragão.