\\ Pesquise no Blog

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Artaud e as palavras

"Sei que quando quis escrever falhei em minhas palavras e isto é tudo(...).Que minhas frases soem como o francês ou como o idioma dos Papuas pouco me importa.Mas se eu cravo uma palavra violenta como um prego quero que ela supure na frase como uma equimose com cem buracos."

Antonin Artaud

Nenhum comentário: